Política

Mundo real é muito diferente da Disneylândia do Alckmin, diz Padilha

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mundo real é muito diferente da Disneylândia do Alckmin, diz Padilha
fonte:
Mundo real é muito diferente da Disneylândia do Alckmin, diz Padilha

SÃO PAULO, SP - Candidato do PT ao Palácio dos Bandeirantes, Alexandre Padilha (PT) criticou a "maquiagem" mostrada pela Folha de S.Paulo nesta terça-feira (16) na propaganda eleitoral do governador Geraldo Alckmin (PSDB) na televisão em suas ações para segurança.

continua após publicidade

Para o petista, é uma "vergonha" o tucano exaltar ferramentas de combate ao crime que ainda não estão funcionando em São Paulo.

"O Detecta que ele mostrou, o povo não detecta em nenhum lugar. O Detecta que ele mostrou não detecta os crimes, o crescimento de roubos no Estado. Além de copiar a ideia que lançamos, é uma cópia mal feita", disse Padilha após visitar trecho do monotrilho de São Paulo, que funcionada em visitas monitoradas.

continua após publicidade

"É ilusionista que vive no mundo da Disneylândia. A Folha mostrou hoje que o governador tenta mostrar na TV uma Disneylândia que não existe na São Paulo de verdade. O mundo real de São Paulo é muito diferente da Disneylândia do Alckmin", completou a provocação.

Vitrine da campanha do candidato à reeleição, a tecnologia batizada de Detecta visa integrar os bancos de dados da polícia com as imagens de câmeras para identificar atitudes suspeitas nas ruas em tempo real.

Embora a propaganda diga que a "entrega oficial" do sistema ocorreu no mês passado, na prática há pouco efeito prático até hoje, além de não existir nenhum prazo para que todas as ferramentas sejam implantadas.

continua após publicidade

Segundo relatório da Secretaria da Segurança Pública, existem ainda "graves falhas" no principal banco de dados que alimenta a base do Detecta.

Padilha fez ataques ao estilo de Alckmin governar. "É um governador que não é bom para as pessoas que precisam. Talvez seja bom para quem anda de segurança privada, carro blindado, mas para o povo da periferia, que sofre com segurança, para as mulheres que sofrem com abusos, para o comerciante que precisa manter seu negócio, é um governador nada bom para a população. É uma vergonha mostrar na TV algo que não existe", afirmou.

O governo alega que as imagens são só ilustrativas. O comando da campanha de Geraldo Alckmin admitiu, em nota, que o programa apresentado na TV não representa o atual estágio de implantação do Detecta. Afirma tratar-se apenas de ilustrações de como irá funcionar, sem informar quando isso irá ocorrer. A assessoria nega que "eventuais erros" comprometam o sucesso do sistema.