Política

No Rio, Dilma come sobrecoxa de frango ao visitar restaurante popular

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia No Rio, Dilma come sobrecoxa de frango ao visitar restaurante popular
fonte: Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13
No Rio, Dilma come sobrecoxa de frango ao visitar restaurante popular

RIO DE JANEIRO, RJ - Fiscais do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Rio acompanharam nesta quarta-feira (27) a visita da presidente Dilma Rousseff ao restaurante popular de Bangu, zona oeste do Rio. A petista também estava acompanhada do deputado Anthony Garotinho (PR), que lidera a disputa ao governo estadual.

continua após publicidade

Dilma almoçou no restaurante ao lado de Garotinho, da candidata ao Senado Liliam Sá (Pros) e candidatos a deputado da coligação. O restaurante popular foi criado no governo Garotinho (1999-2002) e é uma de suas bandeiras de campanha. Ele serve diariamente almoço a R$ 1.

Por cerca de 15 minutos, a presidente almoçou sobrecoxa de frango, arroz, feijão e salada e deixou um pouco de abóbora no prato. Na saída, tirou foto com pessoas que estavam no local, além de cumprimentar funcionários da cozinha.

continua após publicidade

Os fiscais tiraram fotos da presidente almoçando ao lado de Garotinho. A lei eleitoral proíbe campanha em prédios públicos, mas não veta visitas. Não houve discursos. Cabos eleitorais se concentraram no entorno do restaurante. Alguns auxiliares entraram para guardar o lugar para os candidatos.

Apesar disso, a agenda de campanha também teve confusão. No momento em que Dilma saía, houve empurra-empurra. Um senhor ficou espremido numa mesa, outro perdeu o celular e seguranças por pouco não trocaram socos.

continua após publicidade

ALIANÇAS

Garotinho é o segundo candidato com quem Dilma faz agenda pública no Rio. Ela inaugurou sua campanha, em julho, ao lado do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB).

Pesquisa do instituto Ibope divulgada nesta terça-feira (26) mostra Garotinho com 28% das intenções de voto. Em segundo lugar, tecnicamente empatados, estão o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), com 18%, e Marcelo Crivella (PRB), com 16%. Lindbergh Farias (PT), aparece em quarto lugar, agora com 12%.

A presidente deve vir ao Estado mais três vezes. Deve fazer uma agenda pública com os senadores Marcelo Crivella (PRB) e Lindbergh Farias (PT), que também apoiam sua candidatura. A petista pretende também fazer um evento sozinha, organizado por sua própria campanha.