Política

PSDB homologa Beto Richa para o governo

Da Redação ·
 Beto Richa
fonte: Arquivo
Beto Richa

O ex-prefeito de Curitiba, Beto Richa, será homologado hoje (19) como candidato ao governo do Estado na convenção que o PSDB realiza a partir das 9 horas, no Expotrade Convention Center, em Pinhais.

continua após publicidade

Uma das vagas ao Senado está reservada para o senador Osmar Dias (PDT) e a candidatura a vice-governador para o deputado estadual Augustinho Zucchi. Mas se até lá, o PDT ainda não tiver respondido ao convite para a aliança, a convenção tucana delegará aos membros da executiva estadual a prerrogativa de completar a chapa até o próximo dia 30.

O presidente estadual do PSDB, Valdir Rossoni, admitiu que as negociações podem prosseguir até a próxima semana. “A nossa expectativa é que o senador Osmar Dias esteja conosco na convenção. A nossa intenção é fechar a chapa na convenção. O PDT está com a palavra”, disse o dirigente tucano, que não quis comentar o incidente da semana passada, quando recebeu críticas de Osmar por ter anunciado que a aliança já estava fechada com o PDT.

continua após publicidade

O PSDB também depende da resposta de Osmar para fechar as alianças para a eleição de deputados estaduais e federais. O PSDB já fechou sua lista com 28 candidatos a deputado estadual de um total de 108 que comporiam o chapão, que está sendo montado com o PP, PTB e DEM.

Há espaço para o PDT nesta chapa. Para a Câmara dos Deputados, a coligação ainda não está fechada e poderá ser dividida em dois grupos entre os partidos que apoiarão Beto.

O PSB, partido do prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, também participa da aliança. Em convenção na semana passada, o PSB confirmou o apoio a Beto. Mas deverá lançar chapa completa isolada para a Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa.

continua após publicidade

Além do PDT, falta também o PPS definir se apoiará Beto Richa ou se lança o ex-deputado Rubens Bueno ao governo. O DEM já assegurou que estará na aliança e fará convenção no dia 26 para formalizar a posição.

O presidente estadual do DEM, deputado federal Abelardo Lupion, era favorável ao apoio à candidatura do senador Osmar Dias ao governo, mas representa uma posição minoritária no partido.

Outros partidos menores também estão em negociações para firmar coligação com o PSDB. Entre eles, o PTN, PSDC, PHS, PMN e PTC. Esses partidos devem se juntar em outra coligação para a disputa proporcional.

continua após publicidade

No mesmo horário e endereço da convenção dos tucanos, o PP faz também o seu encontro para aprovar a aliança com o PSDB e indicar o deputado federal Ricardo Barros como candidato ao Senado.

A aliança com o PP foi contestada por uma ala do PSDB, liderada pelos deputados Gustavo Fruet, Luiz Carlos Hauly e Alfredo Kaefer. Fruet era um dos nomes do PSDB para concorrer ao Senado e poderá ficar sem a vaga se a chapa for completada pelo PDT.