Política

CPI mista quebra sigilo de Youssef e Paulo Roberto Costa

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia CPI mista quebra sigilo de Youssef e Paulo Roberto Costa
fonte: Foto: Arquivo
CPI mista quebra sigilo de Youssef e Paulo Roberto Costa

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga denúncias contra a Petrobras aprovou nesta quarta-feira (16), por unanimidade, requerimentos que pedem a quebra dos sigilos bancário, telefônico e fiscal do ex-diretor de Abastecimento e Refino da Petrobras Paulo Roberto da Costa e do doleiro Alberto Youssef. Ambos foram presos pela operação Lava Jato da Polícia Federal (PF).

continua após publicidade

Na sessão desta quarta, os deputados e senadores que compõem a CPI mista aprovaram diversos requerimentos de forma simbólica, na qual não é registrado o voto individual de cada parlamentar devido ao consenso em torno das propostas.

No entanto, os requerimentos que pediram a quebra dos sigilos de Costa e Youssef tiveram que ser votados nominalmente. “Para qualquer transferência de sigilo, eu tenho que tomar todos os cuidados necessários para não haver judicialização das decisões da comissão”, explicou o presidente da CPMI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB).

continua após publicidade

Esta foi a terceira tentativa da comissão de aprovar a devassa nas informações dos dois suspeitos de integrar um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que movimentou cerca de R$ 10 bilhões. As duas últimas sessões da CPMI, marcadas para o período em que estava sendo realizada a Copa do Mundo, nem sequer foram abertas devido ao baixo quórum.

Confira matéria AQUI