Política

Ex-secretário estadual do MT é morto a tiros

Da Redação ·
Ex-secretário estadual de infraestrutura do MT é morto a tiros - Foto: www.tribunahoje.com
fonte:
Ex-secretário estadual de infraestrutura do MT é morto a tiros - Foto: www.tribunahoje.com

SÃO PAULO, SP - O ex-secretário estadual de Infraestrutura do Mato Grosso Vilceu Marchetti, 60, foi morto a tiros em uma fazenda na região de Santo Antônio de Leverger (38 km de Cuiabá), na noite de segunda-feira (7).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, ainda não há detalhes sobre a motivação do crime. As hipóteses de homicídio e latrocínio estão sendo investigadas.

Até às 6h desta terça (8) nenhum suspeito do crime tinha sido preso, segundo a Polícia Militar.

O ex-secretário estava morando na fazenda e se dedicava à agropecuária desde que deixou o governo estadual, segundo informações do seu advogado Ulisses Rabaneda.

Marchetti foi secretário de Infraestrutura na gestão do governador Blairo Maggi (PR), de 2005 a 2010. Ele também foi prefeito de Primavera do Leste e presidente da AMM (Associação Mato-Grossense dos Municípios).

JUSTIÇA
Em 2011, Marchetti teve os bens bloqueados pela Justiça de Mato Grosso sob acusação de improbidade administrativa. O Ministério Público de Mato Grosso afirmou que, enquanto foi secretário, Marchetti aumentou seu patrimônio em R$ 26 milhões, sem que exercesse outra atividade.

Na decisão, o juiz Luís Aparecido Bertolucci Júnior, da Vera Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, determinou a indisponibilidade de R$ 26 milhões em bens, incluindo terras, veículos e gado. O juiz disse ver a tentativa de ocultação patrimonial por parte do ex-secretário.

O advogado de Marchetti, disse que o Ministério Público induziu o juiz a erro ao apresentar números "falaciosos", já que não teria havido a suposta evolução patrimonial apontada.

 

continua após publicidade