Política

PSDB reforça militância virtual para enfraquecer ataques

Da Redação ·
PSDB reforça militância virtual para enfraquecer ataques (Foto: Arquivo)
PSDB reforça militância virtual para enfraquecer ataques (Foto: Arquivo)

SÃO PAULO, SP, 5 de abril (Folhapress) - Em uma tentativa de neutralizar as investidas contra o partido nos meios digitais, o PSDB decidiu reforçar a militância virtual e orientar a atuação de filiados à sigla nas redes sociais.

A ideia da legenda, que irá promover em São Paulo uma série de encontros sobre o tema, é estimular os membros do partido a divulgarem e compartilharem propostas e iniciativas da sigla na internet, em um esforço para enfraquecer ataques e boatos divulgados por adversários.

A reportagem apurou que, nos últimos dois meses, os relatórios de monitoramento virtual da sigla constataram que quase dobrou o número de informações negativas na internet relacionadas ao senador Aécio Neves e ao governador Geraldo Alckmin.

Os ataques nos meios digitais têm causado preocupação a integrantes da pré-campanha presidencial do partido, que avaliam a possibilidade de impactos no desempenho eleitoral do senador mineiro.

"Alguns adversários têm usado as redes sociais como ponto de difusão de ataques, para tentar viralizar detratores do PSDB. Eles atacam o Geraldo Alckmin, atacam o Aécio Neves e atacam o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso", criticou o presidente do PSDB em São Paulo, Duarte Nogueira.

O partido em São Paulo já vinha fazendo encontros com ativistas digitais desde o final do ano passado, mas, na ultima semana, decidiu expandi-los para setores da militância tucana. Ao todo, serão promovidos 17 encontros nos meses de abril e maio, em diferentes cidades paulistas, que terão como objetivo afinar o discurso de filiados à sigla com a estratégia eleitoral do PSDB.

O primeiro deles ocorrerá na próxima quinta-feira, na capital paulista, e deve ter a presença do coordenador da campanha à sucessão presidencial tucana na internet, Xico Graziano. As reuniões serão mediadas pelo ex-presidente do PV em São Paulo Maurício Brusadin.

O hoje diretor-executivo da ePolitics, empresa de posicionamento digital, presta desde o ano passado consultoria para o PSDB em São Paulo e foi contratado também pela equipe do pré-candidato do partido ao Palácio do Planalto, Aécio Neves.

"Não queremos fazer o modelo petista: confinar todo mundo em um lugar, treinar e mandar para a guerrilha. Não é treinar para a guerra", disse Maurício Brusadin. "A ideia é ouvir e passar o nosso conteúdo: as principais mensagens do Geraldo Alckmin e do Aécio Neves, os temas que são importantes que fiquemos atentos".

Além do PSDB, o PT também realizará eventos para treinar a militância a atuar nas redes sociais. Em abril, o partido promoverá um camping digital de três dias, em São José dos Campos (SP).
 

continua após publicidade