Política

Alcides Ramos Jr. pode ser inocentado após procurador desistir de recurso

Da Redação ·
Alcides Ramos Jr. pode ser inocentado após procurador desistir de recurso (Foto:Tribuna do Norte)
Alcides Ramos Jr. pode ser inocentado após procurador desistir de recurso (Foto:Tribuna do Norte)

O procurador geral eleitoral, Rodrigo Janot Monteiro de Barros, pediu aoTribunal Superior Eleitoral (TSE) que não reconheça o recurso impetrado pelo MinistérIo Público Eleitoral de Apucarana, contestando a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que absolveu o vereador Alcides Ramos Júnior (DEM) da acusação de compra de votos. Por essa razão, o TSE deve dar por encerrada a ação eleitoral.

O parecer do procurador foi encaminhado ao TSE na última sexta-feira (21). Agora os autos estão sob os cuidados do ministro relator do caso, Castro Meira que irá sentenciar o recurso do Ministério Público (MP). 

Alcides foi denunciado por compra de votos após a promotoria interceptar ligações telefônicas do vereador e de seus assessores legislativos, supostamente negociando favorecimentos às pessoas no período eleitoral. O juiz eleitoral da Coamrca de Apucarana, José Roberto Silvério, acatou a denúncia encaminhada pelo promotor Sérgio Migliari Salomão e cassou Alcides Ramos.

A defesa do vereador por sua vez, protocolou recurso junto ao TRE que reformou a decisão em primeira instância e deu ganho de causa  a Alcides, lhe devolvendo o mandato. 

Mas Alcides ainda responde por pelo menos seis ações civis públicas e duas criminais sob acusação de desvios de dinheiro público da Câmara de Vereadores, quando Alcides era o presidente do Lgislativo Municipal de Apucarana.

continua após publicidade