Política

Aos 66 anos, morre o deputado Sérgio Guerra

Da Redação ·
O deputado federal Sérgio Guerra (PSDB-PE),  ex-presidente do PSDB, lutava contra um câncer de pulmão (Foto: Katherine Coutinho/G1)
fonte:
O deputado federal Sérgio Guerra (PSDB-PE), ex-presidente do PSDB, lutava contra um câncer de pulmão (Foto: Katherine Coutinho/G1)

O deputado federal Sérgio Guerra (PSDB-PE), ex-presidente do partido, morreu na manhã desta quinta-feira (6), informou a assessoria do PSDB.

De acordo com os assessores da legenda, Guerra estava internado há cerca de 15 dias no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele sofria de câncer no pulmão.

Conforme assessores, o ex-dirigente tucano, de 66 anos, teve uma pneumonia que agravou seu estado de saúde.

A assessoria do PSDB também informou que o velório do ex-presidente da sigla ocorrerá no Recife, sua cidade natal. Conforme os assessores, ele será enterrado no cemitério Morada da Paz, no município de Paulista, na região metropolitana do Recife.

Por meio do microblog Twitter, o governador do Paraná, Beto Richa, relembrou que Sérgio Guerra morreu no mesmo dia em que faleceu o ex-governador de São Paulo Mário Covas, um dos fundadores do PSDB. Covas morreu no dia 6 de março de 2001.

Perfil

Natural do Recife (PE), Severino Sérgio Estelita Guerra era deputado federal pelo PSDB, eleito em 2011. Economista, pecuarista e professor, cumpriu mandatos de deputado em 91-95, 95-99 e 99-2003.

Foi secretário extraordinário do Governo de Pernambuco entre 2001 e 2002 e secretário de Indústria, Comércio e Turismo do estado entre setembro de 1997 e abril de 1998. Havia passado antes pelo PMDB (1981 a 1985), PSB (1989 - 1999) e entrou no PSDB em 1999.

continua após publicidade

Fonte/autoria: G1/Brasília