Política

Amuvi define pedidos a serem entregues a Beto Richa

Da Redação ·
O presidente da Amuvi, prefeito Luiz Carlos Gil (PMDB), de Ivaiporã, disse que a associação irá demandar junto ao Governo do Estado mais investimentos na região (Ivan Maldonado)
O presidente da Amuvi, prefeito Luiz Carlos Gil (PMDB), de Ivaiporã, disse que a associação irá demandar junto ao Governo do Estado mais investimentos na região (Ivan Maldonado)

A última reunião do ano da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi) aconteceu ontem , em Ivaiporã, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Na pauta, foi discutida reunião dos prefeitos com o governador Beto Richa (PSDB), no Palácio do Iguaçu, marcada para a próxima segunda-feira às 17 horas. Os prefeitos também avaliaram o encontro realizado no início do mês, em Brasília, com o presidente da Valec, Josias Sampaio Cavalcante Júnior, quando uma comitiva de prefeitos da Amuvi reivindicou a manutenção do trajeto original da Ferrovia Norte Sul.
 

continua após publicidade
confira também



O presidente da Amuvi, prefeito Luiz Carlos Gil (PMDB), de Ivaiporã, disse que a associação irá demandar junto ao Governo do Estado investimentos no Campus da UEM em Ivaiporã e também a construção de uma ponte no Rio Ivaí, entre Jardim Alegre e Grandes Rios. “Outro pedido que vamos fazer é que o Governo do Estado mude o Programa Paraná Competitivo. É um programa muito bom e está trazendo um desenvolvimento enorme para o estado”. Segundo Gil, são mais de R$ 20 bilhões os investimentos confirmados no Paraná, com incentivos do programa. “Só que mais de 90% desses investimentos estão entrando na região metropolitana”, explica Gil.

Segundo ele, mesmo Londrina e Maringá recebem muito pouco desses investimentos. “Vamos pleitear que o Governo do Estado dê um desconto no ICMS para as indústrias que queiram se instalar em qualquer município que tenha baixo IDH. Vamos pedir 50% de desconto no imposto para equilibrar a condição logística. Eu acredito que essa é a única maneira de atrairmos mais investimentos industriais para a região”, assinala Gil. Outro tema que será debatido em Curitiba é o repasse para o transporte escolar. As prefeituras reclamam que têm bancado com recursos do município uma obrigação que é do Estado.

A boa notícia foi dada pelo deputado estadual Alexandre Curi (PMDB). Ele relatou que na quinta-feira (28) foram liberados para o Estado mais de R$ 800 milhões de empréstimos. “O Paraná era o último Estado que não tinha recebido essa ajuda do Governo Federal. Na semana que vem esse dinheiro estará no caixa do Governo do Estado e nós vamos honrar todos compromissos assumidos nas áreas da saúde e educação, o compromisso da pedra irregular, e os individuais. Até o dia 20 de dezembro todos esses convênios serão honrados” assinala Curi.

FERROVIA
Carlos Gil comentou sobre o encontro realizado em Brasília, onde uma comitiva propôs um novo traçado da Ferrovia Norte Sul, de Panorama (SP) passando por Apucarana, pelo Vale do Ivaí e Guarapuava. “A reivindicação é bastante justa e acredito que a diretoria entendeu nosso pedido”.
Gil também comentou que a reunião com a diretoria da Valec que estava marcada para o próximo dia 6, em Apucarana, foi cancelada e nova data será agendada.