Política

Comissão da Verdade do Senado visita prédio do DOI-Codi

Da Redação ·
Comissão da Verdade do Senado visita prédio do DOI-Codi (Foto - Agência Brasil)
fonte:
Comissão da Verdade do Senado visita prédio do DOI-Codi (Foto - Agência Brasil)

SÃO PAULO, SP, 12 de novembro (Folhapress) - Os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e João Capiberibe (PSB-AP) e os deputados federais Luiza Erundina (PSB-SP) e Ivan Valente (PSOL-SP) visitaram ontem o prédio que sediou o extinto DOI-Codi -centro de repressão do Exército durante a ditadura- em São Paulo.
 

continua após publicidade
confira também



Os parlamentares estavam acompanhados do jornalista Antônio Carlos Fon, do assessor parlamentar Moacir de Oliveira Filho e da militante da Ação Libertadora Nacional Darci Miyaki, todos torturados no imóvel, localizado nos fundos do 36º Distrito Policial, no bairro Vila Mariana.

"Foi muito positivo ir ao local acompanhado de três companheiros que foram vítimas daquele lugar", disse Erundina sobre a visita agendada pela Comissão da Verdade do Senado. A deputada explicou que as ações da Comissão do Senado da subcomissão da Câmara, da qual faz parte, visam levantar dados, promover testemunhas e pressionar a Comissão Nacional da Verdade e os governos a fazer investigações sobre o período da ditadura.

O grupo de congressistas presentes também têm a intenção de transformar o prédio em um centro de documentação do regime militar, uma reivindicação dos ex-presos políticos. "Vamos encaminhar uma sugestão junto ao governador Geraldo Alckmin [PSDB] e ao prefeito Fernando Haddad [PT] para tornar o edifício em um centro de memória", explicou Suplicy.