Política

Bernardo manda descontar os salários de carteiros em greve

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Bernardo manda descontar os salários de carteiros em greve
Bernardo manda descontar os salários de carteiros em greve

O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) confirmou hoje (26) que mandou os Correios descontarem os dias parados dos salários dos funcionários que estão em greve desde o dia 17 de setembro.
 

continua após publicidade
confira também



“Se eles pediram para o TST julgar a greve, como podem tomar a decisão e descontar? Inclusive tem que ver quem deu margem à greve, o Tribunal que tem que julgar isso”, diz Anaí Caproni, da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios.

O dissídio coletivo dos Correios deverá ser julgado pelo TST porque não houve acordo entre a empresa e os trabalhadores.