Política

Alvaro Dias cogita candidatura à presidência pelo DEM

Da Redação ·
Senador paranaense Alvaro Dias (PSDB) respondeu questionamentos de estudantes no auditório da Facnopar | Foto: Sérgio Rodrigo
fonte:
Senador paranaense Alvaro Dias (PSDB) respondeu questionamentos de estudantes no auditório da Facnopar | Foto: Sérgio Rodrigo

O senador Alvaro Dias (PSDB) abordou a atual conjuntura do sistema político brasileiro, na noite de ontem (19), na Faculdade do Norte Novo de Apucarana (Facnopar). A palestra, que o parlamentar vem realizando em instituições de ensino superior do Estado, integra, segundo ele, uma busca para compreender os motivos que levaram os jovens às manifestações que também ocorreram no interior do Paraná. Ele não descartou concorrer à presidência da República pelo Democratas (DEM).

Em coletiva à imprensa antes do evento, Dias comentou que o país vive um momento crucial para seu futuro e que os protestos, que tiveram seu ápice em junho, durante a Copa das Confederações, refletem a indignação dos jovens com o atual sistema político brasileiro. “A população já acordou, agora falta os políticos acordarem”, declarou.

Entre um crítica e outra ao governo federal, a aprovação dos embargos infringentes pelo ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal (STF), foi assunto inevitável. “Esperávamos que o ministro, que possui amplo conhecimento jurídico e reputação ilibada, virasse essa página da política brasileira. Mas já que não aconteceu, esperamos que o novo julgamento ocorra o mais rápido possível para não haver prescrição das penas”, disse Dias.

O senador confirmou o interesse dos Democratas (DEM) em trabalhar seu nome como candidato à presidência da República nas eleições do ano que vem, mas atribuiu o vazamento a uma “indiscrição”. “Foi feita apenas uma consulta e não um convite propriamente dito. Se a resposta fosse positiva de minha parte, daí sim continuariam as conversas. Mas, por enquanto, a questão está apenas no campo das especulações”, confirmou ele, sem descartar a possibilidade, mas expressando haver pouca probabilidade devido ao pouco tempo restante para a ‘janela partidária’.

EVENTO
Durante a palestra de ontem, o senador falou sobre a necessidade de se mudar o sistema político brasileiro para preencher as expectativas da população descontente e respondeu às perguntas dos estudantes, que lotaram o auditório. O diretor da Facnopar, Danilo Lemos Freire, ressaltou a importância da presença de Dias, que palestrou pela segunda vez na instituição. “É uma palestra extremamente valiosa para a faculdade e toda comunidade acadêmica, que pode discutir o futuro de seu país”, disse.               

continua após publicidade