Política

Gurgacz: "7 de setembro é o mais esperado dos últimos anos"

Da Redação ·
Crédito da foto - Geraldo Magela - Agência Senado
fonte:
Crédito da foto - Geraldo Magela - Agência Senado

A expectativa de que possíveis manifestações populares invadam as comemorações pela Independência do Brasil, nas ruas das principais cidades do país, tornam o dia 7 de setembro de 2013 o mais esperado dos últimos anos. Essa foi a avaliação feita pelo senador Acir Gurgacz (PDT-RO), nesta sexta-feira (6), em pronunciamento no Plenário.

Para ele, os protestos ajudam as autoridades a entender melhor o que a população quer. Acir pediu que as manifestações sejam pacíficas, sem atos de vandalismo e depredação.

– Esse é o momento de pedir tranquilidade às pessoas que pretendem sair às ruas para se manifestar. É preciso que as reivindicações da população sejam expressadas com clareza para que não sejam confundidas com desordem – disse o parlamentar.
 

continua após publicidade
confira também



O senador disse ainda que a escolha de candidatos comprometidos com os anseios da população nas eleições do ano que vem será uma oportunidade para que os brasileiros concretizem alguns desses pleitos.

– Os meios democráticos são e nunca vão deixar de ser a melhor e a mais correta forma de realizar conquistas e de ver nossas reivindicações serem atendidas. O voto é a forma mais certeira para retirar do poder as pessoas daninhas a qualquer esfera do governo e também colocar no lugar certo as pessoas verdadeiramente comprometidas com a administração pública – argumentou.

Luz para todos

O senador Acir Gurgacz também comemorou a confirmação de que o Ministério de Minas e Energia governo federal levará energia elétrica para a área rural do município de Machadinho do Oeste, em Rondônia. Segundo o parlamentar, cerca de 800 famílias produtoras de látex que vivem na região ainda não têm acesso a energia, o que prejudica não apenas a qualidade de vida dos habitantes como também a atividade produtiva desenvolvida. O assunto foi tratado em reunião com representantes da comunidade nesta quinta-feira (5).

– Na reunião com o secretário-adjunto Francisco Romário ficou definido que Programa Luz para Todos entrará em fase de licitação este ano e deverá ser implantado no ano que vem nessa região  – informou.

Acir Gurgacz lembrou que muitas das pessoas que vivem nessa região são descendentes dos soldados da borracha e aproveitou para homenagear os 60 mil brasileiros que, em 1942, foram para a Amazônia durante a Segunda Guerra Mundial, para extrair borracha destinada à produção de pneus para os veículos de combate utilizados no conflito. Desse total, 30 mil morreram em menos de três anos de atividades na selva.

 Da mesma forma como tradicionalmente os ex-pracinhas foram e ainda são homenageados no dia 7 de setembro, quero aqui fazer uma homenagem especial aos Soldados da Borracha pela sua corajosa participação na Segunda Guerra Mundial. Homenageio todos os 60 mil soldados, os que tombaram e os que continuaram suas vidas na Amazônia, citando aqui os nomes de bravos homens como José Romão Grande, Antônio Barbosa da Silva, Luiz Barbosa da Silva, José Macieira e Josino Pequeno de Melo.