Política

Polícia prende sete por desvio de verbas do Ministério do Trabalho

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 3 de setembro (Folhapress) - A Polícia Federal cumpriu hoje de amanhã sete mandados de prisão e 37 de busca e apreensão em CEATs (Centro de Apoio ao Trabalhador) na capital paulista. De acordo com as investigações, foram comprovadas graves irregularidades nos repasses de R$ 47,5 milhões de reais do Ministério do Trabalho para uma ONG de assistência ao trabalhador com unidades em São Paulo e Rio de Janeiro. O valor supostamente desviado deveria ser destinado à criação e manutenção de centros públicos de empregos nos municípios de São Paulo e do Rio de Janeiro, além de financiar a qualificação de trabalhadores nestas localidades. A PF diz que constatou o desvio dos recursos públicos do Ministério do Trabalho por expedientes como direcionamento das contratações, falta de execução de contratos, doações fictícias e simulações de prestações de serviço.  

continua após publicidade