Política

Governo do RS lança votação na internet sobre mudanças na legislação

Da Redação ·

PORTO ALEGRE, RS, 3 de julho (Folhapress) - O governo do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), lançou hoje uma votação informal pela internet sobre a reforma política. Na ferramenta, os eleitores podem opinar sobre quais questões deveriam ser tratadas com prioridade em uma discussão sobre mudanças na legislação. A pesquisa também questiona se o eleitor prefere que a reforma seja feita pelo atual Congresso ou por meio da convocação de uma Constituinte. A ideia da Constituinte já foi abandonada pelo governo federal, após ser alvo de críticas de juristas e políticos na semana passada. A votação do governo gaúcho funciona da seguinte forma: o sistema apresenta duas sugestões de mudanças na lei, como voto facultativo ou financiamento público de campanha. O eleitor opta pela alternativa que considere mais relevante. Em uma mesma votação, dezenas de sugestões de mudanças são comparadas. Ao final, um sistema vai verificar quais temas foram considerados mais relevantes pelos participantes. Também integram a pesquisa propostas como unificação do calendário de eleições, tempo de propaganda igual para todos os partidos e ampliação da quantidade de plebiscitos. O eleitor também pode escrever suas próprias sugestões e encaminhar ao governo gaúcho. O Estado promete repassar os resultados para o Congresso. A votação vai até o próximo dia 17. O governador é um ferrenho defensor do financiamento público e defende a convocação de uma constituinte. Ao falar sobre a pesquisa pela internet, ele disse que é preciso se mobilizar pela reforma porque o Congresso quer, segundo Tarso, "amorcegar" (trabalhar de forma lenta, para se poupar) as mudanças.  

continua após publicidade