Política

Aécio realiza um encontro paralelo ao de Dilma

Da Redação ·
O senador José Agripino Maia (DEM-RN) em conversa com Aécio Neves (PSDB-MG) no Senado: oposição está atenta (Crédito da foto - Jose Cruz Agência Senado)
fonte:
O senador José Agripino Maia (DEM-RN) em conversa com Aécio Neves (PSDB-MG) no Senado: oposição está atenta (Crédito da foto - Jose Cruz Agência Senado)

Aécio Neves, presidente do PSDB, decidiu disputar com Dilma Rousseff espaço no noticiário desta segunda-feira (24). Promove em seu gabinete, no Senado, uma reunião com os presidentes das outras duas legendas de oposição: José Agripino Maia, do DEM; e Roberto Freire, do PPS. Do outro lado da Praça dos Três Poderes, no Planalto, a presidente da República começa a receber, no mesmo horário, 16h, governadores e prefeitos.

Nos dois encontros, um mesmo tema: a onda de protestos que enche as ruas há duas semanas. “Não vamos permitir que a culpa pela crise seja compartilhada com Estados e municípios”, diz Agripino Maia.

continua após publicidade
confira também


“Quem tem responsabilidade terá a culpa imputada. Há dados objetivos que mostram isso.” Agripino exemplifica: “De 2005 até agora, apenas 15% dos recursos destinados à mobilidade urbana foram efetivamente aplicados. Estamos falando de oito anos de governo. Isso é uma brincadeira. O problema é, claramente, de gestão.”

Antes de receber Agripino e Freire, Aécio está reunido com governadores do PSDB. Os tucanos irão ao encontro convocado por Dilma com o bico afinado.