Política

Escolha do novo presidente da CPI da Codeplan é adiada

Da Redação ·

Foi adiada por falta de quórum a escolha do novo presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Codeplan, a chamada CPI da Corrupção, da Câmara Legislativa do Distrito Federal. Apenas o relator da comissão, deputado Paulo Tadeu (PT) compareceu à reunião que ocorreria na manhã de hoje. Ele disse que "parece haver intenção de obstrução" dos trabalhos, e que a Casa "não pode brincar de fazer CPI". Ainda não há uma data definida para um novo encontro.
 

continua após publicidade

Segundo Tadeu, o não funcionamento da CPI "só serve para dar força aos argumentos" do Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, que pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a decretação de intervenção federal no DF, que abrangeria o governo local e a Câmara Legislativa.


A medida, no entanto é condenada pelos deputados da Casa.


Em consequência das dificuldades de fazer a comissão funcionar, Tadeu disse que já pensa em adiar para o final de julho a apresentação do relatório da CPI.
 

continua após publicidade

Tanto a presidência como a vice presidência da CPI estão vagas desde o início de abril, com a desistência da deputada Eliana Pedrosa (DEM), o que foi feito também pelo seu vice, deputado Regufe (PDT), cuja vaga ficou com o deputado Chico Leite (PT).