Política

Ao lembrar mensalão, Perillo chama Lula de "canalha"

Da Redação ·

Por Catia Seabra, Gabriela Guerreiro e Natuza Nery BRASÍLIA, DF, 18 de maio (Folhapress) - O governador Marconi Perillo (PSDB-GO) chamou hoje o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de "canalha" ao relembrar episódio em que teria lhe avisado sobre o esquema do mensalão no Congresso. Em discurso na convenção nacional do PSDB em Brasília, Perillo disse que sua disposição é fazer oposição ao maior "canalha" desse país. "Um dia, eu tive a coragem de alertar a este canalha que no governo dele havia mensalão. Eu nem sabia que era mensalão, que havia mesada para comprar deputados. Desde então, fui escolhido ao lado dos senadores Arthur Virgílio, José Agripino e Tasso Jereissati como seus adversários maiores", afirmou. Perillo disse que Aécio vai vencer a disputa pelo Palácio do Planalto em 2014, com o apoio da militância e de todos os tucanos. "Estamos de cabeça erguida, fazendo o melhor governo da história de Goiás. A minha contribuição modesta, Aécio, você terá. A minha solidariedade irrestrita. A nossa militância cuida de vocês." Em 2012, o governador foi acusado de ter ligações com o empresário Carlinhos Cachoeira, condenado após as investigações da Operação Monte Carlos, mas acabou poupado no relatório da final da CPI graças à ajuda do PMDB, capitaneado por Renan Calheiros (PMDB-AL).  

continua após publicidade