Política

Novo ministro do Supremo sai nos próximos dias, afirma Cardozo

Da Redação ·

Por Felipe Seligman BRASÍLIA, DF, 18 de maio (Folhapress) - O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) afirmou ontem que a escolha do próximo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) está "numa fase final" e o anúncio deve sair nos próximos dias. "A decisão da indicação é da presidenta da República [Dilma Rousseff] e acho que agora estamos numa fase final. Acredito que nos próximos dias a presidenta deve anunciar o novo nome indicado para o Supremo Tribunal Federal, acredito que ainda este mês", disse o ministro, ao sair de um encontro com o presidente do Supremo, Joaquim Barbosa. Cardozo não revelou o assunto do debatido no encontro. O próximo ministro ocupará a cadeira deixada por Carlos Ayres Britto, que se aposentou em novembro do ano passado. Desde então, o posto está vago. Cardozo explicou que a demora para a escolha se deve à "grande quantidade de bons juristas homens e boas juristas mulheres para o cargo" e ocorre para eliminar "a possibilidade de equívoco". "É uma escolha que é cuidadosa. Escolher para cargo vitalício é uma escolha para vida inteira, não tem volta. Se você erra, você não tem como refazer uma decisão dessas", disse. "A presidenta Dilma Rousseff é muito meticulosa, ela é muito cuidadosa quando faz sua escolha. É preferível pensar, eliminar a possibilidade de equívoco, do que efetivamente fazer uma nomeação açodada, da qual o Estado brasileiro no futuro se arrependa", concluiu. Questionado se teria havido algum equívoco nas últimas nomeações, o ministro disse que "seria um absurdo" fazer uma avaliação desse tipo. "Não cabe a mim julgar casos desta natureza."  

continua após publicidade