Política

Rui Falcão diz que PT não quer impedir criação de nova legenda

Da Redação ·





Por Diógenes Campanha

SÃO PAULO, SP, 17 de maio (Folhapress) - O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse hoje que a legenda não quer impedir a ex-senadora Marina Silva de criar seu partido, a Rede Sustentabilidade.

Em discurso durante festa do diretório municipal de São Paulo do PT, ele disse que queria "esclarecer" a militância sobre o projeto que inibe a criação de novos partidos, em discussão no Congresso Nacional.

A proposta, que tem o apoio do Palácio do Planalto, dificulta o acesso de novas siglas a recursos do fundo partidário e ao tempo de propaganda eleitoral na TV.

Como consequência, enfraquece a Rede de Marina, que tenta viabilizar seu partido para concorrer à Presidência em 2014, quando a presidente Dilma Rousseff tentará a reeleição.

"Não queremos impedir a Marina de criar o partido dela", disse Falcão. "Tem companheiros que inclusive estão coletando assinaturas para ajudar a fundar o partido da Marina."

A ex-senadora precisa reunir pelo menos 500 mil assinaturas até setembro para viabilizar a Rede a tempo de poder disputar o Planalto.

"Quem reunir 500 mil assinaturas vai poder fazer o seu partido. O que nós queremos acabar é com esse comércio criminoso do fundo partidário e do tempo de TV", completou o presidente do PT.
 

continua após publicidade