Política

Candidato governista, Efraín Alegre, assume derrota no Paraguai

Da Redação ·
 Simpatizantes do Partido Colorado saem nas ruas de Asuncion, no Paraguai, para comemorar vitória de Horacio Cartes na boca de urna das eleições presidenciais
fonte: AFP
Simpatizantes do Partido Colorado saem nas ruas de Asuncion, no Paraguai, para comemorar vitória de Horacio Cartes na boca de urna das eleições presidenciais

O candidato governista à Presidência do Paraguai, Efraín Alegre, assumiu na noite deste domingo (21) sua derrota contra o do opositor Partido Colorado, Horacio Cartes.

continua após publicidade

Meia hora antes do anúncio previsto de resultados preliminares oficiais do Tribunal Superior de Justiça Eleitoral (TSJE), Alegre falou à imprensa e se referiu a uma vantagem de 5 a 7 pontos de Cartes sobre ele.

"Fizemos um esforço extraordinário. Não foi possível" vencer, admitiu o liberal.

continua após publicidade

O resultado oficial ainda não foi divulgado.

Entretanto, pesquisas boca de urna dão vitória ao candidato do Partido Colorado à presidência, Horacio Cartes, de acordo com a imprensa local.

Segundo pesquisa do First Analisis y Estudios, Cartes teria alcançado 50,8% dos votos contra 37% do candidato do Partido Liberal, Efrain Alegre. Já a pesquisa boca de urna do Institute for Communication and Art dá vitória para Cartes com 53,5% dos votos contra 32,6% de Alegre.

continua após publicidade

As seções eleitorais do Paraguai encerraram a votação para definir o novo presidente do país às 16h locais (17h no horário de Brasília) neste domingo (21).