Política

Bancada do PR deve recorrer para evitar perda de deputado

Da Redação ·
O deputado Osmar Serraglio (PMDB), afirmou ontem (10) que irá recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
fonte: Tribuna do Norte
O deputado Osmar Serraglio (PMDB), afirmou ontem (10) que irá recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

O líder da bancada paranaense na Câmara dos Deputados, Osmar Serraglio (PMDB), afirmou ontem (10) que irá recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que diminuiu o número de deputados do estado no Congresso. Pela decisão a bancada paranaense que hoje conta com 30 integrantes passaria a ter 29.

O TSE decidiu nesta terça-feira (9), por cinco votos a dois, alterar a quantidade de deputados federais de 13 estados para as eleições de 2014. O novo cálculo foi feito com base nos dados do Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A representatividade de hoje tem como base o Censo de 1998. Além do Paraná, perderão uma cadeira Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Paraíba e Piauí perderão dois deputados. Por outro lado, ganham uma cadeira Amazonas e Santa Catarina. Já Ceará e Minas Gerais ganham duas e Pará, quatro.

Serraglio afirmou que perder um representante não é tão impactante para o estado. “Claro que não significa perder nada, mas prejuízo também não. O ideal, evidentemente, não é perder. Mas também não podemos ir ao desespero”, disse o deputado.


As informações são do G1/PR

continua após publicidade