Política

PSOL escolhe Plínio de Arruda candidato à Presidência

Da Redação ·
O ex-deputado e promotor aposentado Plínio de Arruda Sampaio foi escolhido candidato à Presidência pelo PSOL em convenção no Rio de Janeiro neste sábado. "Um dos objetivos da minha candidatura é fazer um contraponto a esse consensual do Lula e do Serra de que as coisas estão melhorando", afirmou o candidato, citando as tragédias causadas pela chuva no Rio. Dos 162 delegados eleitos, apenas 89 apareceram para votar. Também disputavam a indicação presidente do PSOL em Goiás, Martiniano Cavalcanti, e o ex-deputado João Batista Araújo, o Babá. No entanto, no último momento os dois se retiraram da disputa. O grupo de Cavalcanti, que era apoiado pela ex-senadora Heloisa Helena, não apareceu no congresso. "Amanhã é outro dia e vou tentar unificar o partido", disse Plínio, sobre o possível racha interno. O encontro serviu ainda para discutir os candidatos aos governos estaduais e às casas legislativas. Mesmo ausente, uma indicação certa é de Heloisa Helena, que disputou a Presidência em 2006 ficando em terceiro lugar, e deve tentar a volta ao Senado por Alagoas. O partido quer fechar ainda aliança com o PSTU e PCB. Em janeiro, a Executiva Nacional do PSOL decidiu encerrar as conversas com o PV para possível apoio à candidatura da senadora Marina Silva (PV-AC). Segundo a direção do partido, o principal motivo do rompimento foi a decisão do PV de se coligar com o PSDB na disputa para o governo do Rio de Janeiro.
continua após publicidade