Política

Após ter registro cassado, prefeito de Viradouro toma posse

Da Redação ·

RIBEIRÃO PRETO, SP, 4 de abril (Folhapress) - Depois de ter o registro da candidatura cassado pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Maicon Lopes Fernandes (PSD) toma posse hoje como prefeito de Viradouro (398 km de São Paulo). Ele foi diplomado pela Justiça anteontem depois de uma liminar do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que concedeu uma suspensão provisória à cassação imposta pelo TRE e deferiu o pedido de registro da candidatura. Lopes, de 27 anos, tinha assumido a candidatura cinco dias antes das eleições no lugar do pai, o ex-prefeito José Lopes Fernandes Neto (PTB), que havia sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa. O novo prefeito foi eleito com 51% dos votos válidos. Ele, no entanto, nem chegou a assumir o cargo em janeiro de 2013. A prefeitura permaneceu neste início de ano sob o comando do vereador Erney de Paula (PT), presidente da Câmara. A decisão liminar, cujo relator foi o ministro Marco Aurélio de Melo, é de 27 de fevereiro. Segundo o novo prefeito, a demora entre a liminar e a diplomação ocorreu porque, nesse período, foi necessário ser feita a retotalização dos votos, publicação no "Diário da Justiça", tempo de recurso das partes, julgamento do recurso e publicação da sentença com a data da diplomação. Lopes diz pretender, assim que tomar posse, priorizar o equilíbrio financeiros das contas públicas --ele cita uma dívida de R$ 8,4 milhões-- e melhorar o atendimento na saúde e educação. A reportagem não conseguiu localizar por telefone em casa ou no celular o ex-prefeito Paulo Camilo Guiselini (PSDB).  

continua após publicidade