Política

Ex-presidente passa por novos exames e médico descarta volta do câncer

Da Redação ·

Por Cláudia Collucci SÃO PAULO, SP, 2 de abril (Folhapress) - Após boatos de que estaria com câncer no pulmão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou na manhã de hoje por exames no Hospital Sírio-Libanês, que não detectaram sinais de tumor. Em outubro de 2011, Lula teve diagnosticado um tumor na laringe. Passou por tratamento quimioterápico e radioterápico que durou cerca de cinco meses. Em março do ano passado, exames mostraram que não havia mais a presença do tumor. Outros exames realizados desde então deram o mesmo resultado. Entre os exames realizados hoje, estão o pet-scan, aparelho de alta precisão que rastreia o organismo, e a laringoscopia, feita para diagnosticar doenças da laringe. Segundo o médico Roberto Kalil, todo os exames de Lula estão "absolutamente normais" e apontam uma remissão total do tumor na laringe. Ele afirma que a avaliação de hoje já estava prevista. Após o diagnóstico feito em outubro de 2011, Lula passou por três ciclos de quimioterapia contra o tumor que media cerca de 3 centímetros. Ele também foi submetido a 33 sessões de radioterapia.  

continua após publicidade