Política

Vereadores de Apucarana buscam recursos em Brasília

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Vereadores de Apucarana buscam recursos em Brasília
fonte: Divulgação
Vereadores de Apucarana buscam recursos em Brasília

O Chefe do Legislativo Municipal de Apucarana,  José Airton de Araújo, o Deco, e o vereador Luiz Magalhães foram para Brasília-DF durante essa semana com o intuito de discutir e analisar uma parceria junto ao Ministério da Pesca e Aquicultura. A reunião realizada entre os vereadores apucaranenses e o Ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, tinha como objetivo estudar a viabilidade de um convênio para implantação de tanques para a criação de peixes na cidade. O vereador Luiz Magalhães explica que a criação de tilápia, por exemplo, pode proporcionar muitas oportunidades de emprego e lucratividade ao piscicultor. “ Estamos procurando trazer novos empreendimentos para nossa cidade e,  se levarmos em consideração o grande consumo da carne de peixe em nosso país certamente esse projeto alcançará um grande sucesso” , destacou Magalhães. O ministro Crivella acredita que Apucarana pode comportar o projeto. Ele destaca ainda que o setor vem se desenvolvendo e a piscicultura mostra-se uma excelente alternativa de renda para os pequenos e grandes produtores rurais, com grande perspectiva de crescimento do setor. Segundo dados da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a aqüicultura é uma das atividades que mais tem crescido no mundo nos últimos anos.  Ela desempenha um papel econômico e social de grande importância, através da produção de alimento e geração de emprego, renda, e promoção da igualdade social. O vereador Deco destaca que se o convênio for firmado o Ministério da pesca e Aquicultura fornecerá um kit para o início das atividades na cidade,  entre os itens estão inclusos ferramentas de nivelagem , retroescavadeira além de todo suporte necessário. O Ministério da Pesca e Aquicultura enviará em breve até Apucarana técnicos especializados para avaliarem os recursos naturais da cidade.  Em seguida o projeto estará em pauta para discussão na câmara juntamente com os demais vereadores.

continua após publicidade