Política

Pessuti poderá integrar o governo de Beto Richa

Da Redação ·
Pessuti poderá integrar o governo de Beto Richa
fonte: Arquivo
Pessuti poderá integrar o governo de Beto Richa

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), deverá anunciar a reforma do secretariado na próxima quarta-feira (16). Antes, porém, o tucano manterá conversações com os partidos que pleiteiam espaço no seu governo. O PMDB e PSD são os que mais ampliarão a participação.

continua após publicidade


O único nome já confirmado na troca de guarda é o do deputado federal Ratinho Junior (PSC), que assumirá a Secretaria do Desenvolvimento Urbano (SEDU). O parlamentar quer obter experiência executiva para voltar a disputar a prefeitura de Curitiba, em 2016, contra o prefeito Gustavo Fruet (PDT).

Já o PMDB reivindica a chefia da Casa Civil, a Secretaria da Agricultura, a presidência da Sanepar e a presidência da SUDE (antiga Fundepar).

continua após publicidade

O PSD também quer a Casa Civil, mas o partido se contentaria com o Planejamento e o Trabalho.

O governador Beto Richa decidiu dividir a Casa Civil ao criar a Secretaria de Governo, que terá funções burocráticas e de gestão. O PSDB também está de olho na Casa Civil, que manterá seu papel político.

Veja como ficaria o secretariado de Beto Richa:

- Chefia da Casa Civil: Disputa entre Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), Reinold Stephanes (PSD) e Ademar Traiano (PSDB).
- Secretaria de Governo: Luiz Eduardo Sebastiani.
- Planejamento: Reinold Stephanes (PSD), César Silvestre (PPS) ou Luiz Cláudio Romanelli (PMDB).
- Trabalho: Paulo Rossi (PSD, presidente da UGT).
- Desenvolvimento Urbano: Ratinho Junior (PSC).
- Agricultura: Osmar Serraglio (PMDB).
- Copel: Fernando Ghignone (PSDB).
- Sanepar: Orlando Pessuti (PMDB).
- Educação: Alcione Saliba.
- SUDE (antiga Fundepar): Ana Lúcia Schumann.
- Paraná Edificações: Luiz Fernando Jamur.
- Comando Polícia Militar: Indefinido.


As informações são do blog do Esmael