Política

Beto Preto pede apoio e destaca o valor do servidor público

Da Redação ·
Beto Preto pede apoio e destaca o valor do servidor público
fonte: Edson Denobi
Beto Preto pede apoio e destaca o valor do servidor público

Depois de doze anos, quando deixou o cargo de secretário de Saúde, o prefeito Beto Preto (PT), voltou na manhã de ontem (3) ao prédio da Autarquia Municipal de Saúde para conversar com os servidores. Recebido com aplausos, Beto disse emocionado que a saúde será prioridade em sua gestão e pediu o apoio de todos os funcionários para melhorar o atendimento no setor. “Quando deixei a secretaria tínhamos 350 servidores, hoje são cerca de 900. Vamos organizar toda a estrutura, firmar mais parcerias e investir na melhoria dos serviços, com treinamento e motivação do pessoal”, anunciou.

Ao mesmo tempo, o prefeito apresentou o secretário Hélio Kissina (médico) e o superintendente Roberto Kaneta (enfermeiro), assinalando que são profissionais de excelente nível, visando garantir uma gestão técnica na saúde pública de Apucarana. “Todos sabem do meu comprometimento com a saúde e espero contar com a dedicação de todos servidores”, frisou Beto Preto.

Às 7h30, o prefeito também manteve um encontro muito produtivo com cerca de 180 trabalhadores do pátio de máquinas e veículos. Depois de cumprimentar a todos, Beto pediu para que cada um assuma a sua responsabilidade e colabore para o bom andamento dos serviços. “Precisamos da ajuda de todos para servir bem a população”, reiterou.
O prefeito de Apucarana, Beto Preto, se reuniu ainda no salão nobre, com os cerca de 80 servidores públicos efetivos que trabalham no prédio da prefeitura. Beto pediu o apoio e maior comprometimento dos funcionários para administrar a cidade, especialmente para colocar em prática a fase de transição. “Não houve transição. A transição começa a partir de agora. Nos ajudem, vocês têm as informações”, pontuou Beto.

continua após publicidade
confira também

Na ocasião, Beto também apresentou todos os secretários já nomeados aos presentes e reiterou que vai reduzir o número de funcionários comissionados. Disse que irá realizar uma administração com mais legalidade, mais transparente, mais aberta, mais participativa. “Estamos convidando vocês a participar desse processo. Vamos tratar bem uns aos outros, comissionados e servidores, numa linha de equipe aberta ao diálogo para fazer a diferença. Reitero a necessidade de se repensar Apucarana”, conclamou Beto.

Para Beto, a população de Apucarana precisa enxergar a prefeitura e os servidores da prefeitura como amigos. “Cada um, na sua função, está conclamado a fazer o melhor possível. É sério o processo que temos pela frente. A partir de agora vamos ter uma nova maneira de gestão. Partimos do princípio que todo servidor faz parte desse processo”, declarou.

Beto Preto diz estar consciente de que o salário dos servidores está achatado, mas ponderou que é preciso trabalhar para recuperação da cidade. Pediu que cada um valorize o seu posto e adiantou que será formada uma comissão, já nos primeiros meses do seu mandato, para tratar do plano cargos, carreiras e salários dos servidores. “Será analisado o caso de cada servidor. É preciso cumprir os direitos legais dos servidores, como licença prêmio e férias, entre outros benefícios”, afirmou.

O vice-prefeito, Júnior da Femac, por sua vez, chamou os servidores para fazer parte de uma corrente para “tirar Apucarana desse buraco, desta mesmice. Olhamos o servidor público de carreira com muito carinho”, destacou.