Política

Fruet limita pagamentos e corta 15% nas despesas

Da Redação ·
O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), determinou ontem (2), em decreto, a redução de 15% nas despesas de custeio de todos os órgãos de administração direta e indireta
fonte: Arquivo
O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), determinou ontem (2), em decreto, a redução de 15% nas despesas de custeio de todos os órgãos de administração direta e indireta

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), determinou ontem (2), em decreto, a redução de 15% nas despesas de custeio de todos os órgãos de administração direta e indireta da Prefeitura. Ele também limitou o volume de pagamentos. O limite de dinheiro a ser utilizado em uma única transação é de R$ 30 mil, sem importar o tipo de recurso. Pagamentos superiores a este teto não estão suspensos, mas precisam ser autorizados pelo secretário ou gestor responsável antes de serem feitos.

A redução de 15% nos gastos deixa de fora despesas com pessoal, investimentos e pagamentos de dívidas. A intenção, segundo informações publicadas no site da prefeitura, é reavaliar os custos com pessoal, investimentos, pagamento de amortizações e restos a pagar. A determinação é válida por 90 dias.


As informações são da Gazeta do Povo

continua após publicidade