Política

João Paulo está "feliz e aliviado" com decisão sobre prisão, diz advogado

Da Redação ·

Por Daniel Roncaglia SÃO PAULO, SP, 21 de dezembro (Folhapress) - Condenado a nove anos e quatro meses de prisão no processo do mensalão, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) disse ter ficado "feliz e aliviado" com decisão do presidente do STF, Joaquim Barbosa, contra a prisão imediata dos condenados. Segundo o seu advogado, Alberto Toron, João Paulo estava ontem apreensivo e temeroso de ir para a prisão. "Ele vai passar o Natal com sua família em casa, na periferia de Osasco, como faz todos os anos", disse o advogado, que conversou com o deputado por telefone após a decisão. Ontem, João Paulo almoçou com o advogado e a noite fez um jantar com amigos em Osasco. Hoje, ele permaneceu na cidade, mas evitou aparecer. Toron disse "aplaudir publicamente" a decisão de Barbosa. "É a garantia em favor do cidadão pelo direito da presunção da inocência", afirmou o advogado.  

continua após publicidade