Política

Dilma exalta primeira mulher a chegar na cúpula das Forças Armadas

Da Redação ·





BRASÍLIA, DF, 20 de dezembro (Folhapress) - Numa cerimônia protocolar, a presidente Dilma Rousseff formalizou hoje a promoção da almirante Dalva Maria Carvalho Mendes, a primeira mulher oficial general do Brasil.

Em um discurso aos militares promovidos, a presidente destacou a importância da ascensão de Dalva Maria.

"Não poderia deixar de registrar que pela primeira vez uma mulher ascende a patente de general, demonstrando que patriotismo e profissionalismo independente da distinção de gênero", disse.

Dilma disse ainda que o "exemplo das mulheres lutadoras" do Brasil deve ser inspiração para os militares.

"Mulheres lutadoras do Brasil são grande inspiração para todos nós e para as militares e os militares de nossa força e a garra com que as brasileiras buscam superar dificuldade em seu cotidiano confirma que nosso povo sabe perseguir seus ideia e defender seu interesse de lutar por suas causas", afirmou.

Aos militares promovidos, a presidente disse que o Estado "confia que com discernimento e sentido de compromisso" demonstrado farão "escolhas mais isentas e tomarão decisões mais sabias para que a defesa do país siga em boas mãos".

Dalva Maria é viúva, tem dois filhos e ingressou na Marinha do Brasil em 1981. Médica anestesista, passou a maior parte de sua carreira no Hospital Naval Marcílio Dias, no Rio.

Em 2007, chegou ao cargo de vice-diretora do hospital. Em 2009, assumiu o posto de capitão Graduada em Medicina pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj).

As mulheres representam 33,3% do quadro de oficiais e 6,8% dos praças da Marinha. Entre as três Forças Armadas, a Marinha foi a primeira a aceitar mulher.
 

continua após publicidade