Política

Cotada para reforma ministerial, Kátia Abreu (PSD) elogia Dilma em evento

Da Redação ·





Por Daniel Carvalho, Enviado especial

PALMAS, TO, 19 de dezembro (Folhapress) - Nome considerado pelo Palácio do Planalto para uma possível reforma ministerial em 2013, a senadora Kátia Abreu (PSD-TO) fez elogios à presidente Dilma Rousseff na manhã de hoje evento em Palmas (TO).

A presidente participou da cerimônia de formatura de alunos do Pronatec Rural (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) a convite da senadora, que preside a CNA (Confederação Nacional da Agricultura).

Crítica do governo do ex-presidente Lula, a senadora tem buscado aproximação com Dilma e é cotada para representar o PSD na reforma do primeiro escalão, que deve levar em conta os resultados das eleições municipais deste ano.

"Dispensa que inventemos adjetivos para agradecer sua presença em todo o Estado", disse a senadora.

"A aprovação de 78% dos brasileiros indica que todos, inclusive nós, tocantinenses, [se] identificam pelo que de fato a senhora é: administradora eficiente, intolerante com a corrupção, democrata acima de tudo e agora, sem dúvida, a presidente da educação", afirmou em seu discurso.

Cachoeira

O prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), também participou da cerimônia com a presidente Dilma, mas não foi convidado a discursar.

O prefeito foi convocado pela CPI do Cachoeira para explicar o suposto favorecimento a empresas ligadas ao empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, em troca de apoio à sua campanha pela Prefeitura de Palmas em 2004.

Em depoimento, em julho, Raul Filho negou tanto o apoio quanto o favorecimento. A CPI acabou na terça-feira sem indiciar pessoas.

Na semana passada, o Ministério Público do Tocantins apresentou acusação formal contra o prefeito, sob acusação de participação no suposto esquema de corrupção.

A mulher de Raul Filho, a deputada estadual Solange Duailibe (PT), e dois cunhados do prefeito também foram denunciados.
 

continua após publicidade