Política

Casa aprova regras para primárias para a escolha de candidatos à Presidência

Da Redação ·





Por Breno Costa



BRASÍLIA, DF, 18 de dezembro (Folhapress) - O Senado aprovou hoje a criação de regras para a realização de primárias pelos partidos políticos para a escolha de candidatos à Presidência da República. Uma das principais modificações é de autoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), potencial candidato à Presidência.

Nas eleições de 2010, ele defendeu que o PSDB realizasse primárias internas, o que acabou não acontecendo por pressão do grupo de José Serra, que foi o candidato do partido.

O texto, que agora precisará ser analisado na Câmara, define que as primárias serão realizadas sempre no primeiro domingo de junho do ano da eleição presidencial. A partir de outubro do ano anterior, os pré-candidatos poderão fazer campanha nas ruas normalmente, pedindo votos, sem que isso configure crime eleitoral.

O texto original, proposto pelo senador Álvaro Dias (PSDB-PR), previa que as campanhas para as prévias ocorreriam somente a partir de abril do ano eleitoral. Com a emenda de Aécio, o prazo para campanha aumenta em quase seis meses.

O texto aprovado também permite que meios de comunicação promovam debates entre os candidatos dos partidos. Todo o processo deverá ser acompanhado pela Justiça Eleitoral.
 

continua após publicidade