Política

Barbosa Neto é indiciado por desvio de R$ 1,7 milhão

Da Redação ·
Barbosa Neto é indiciado por desvio de R$ 1,7 milhão
fonte: Arquivo
Barbosa Neto é indiciado por desvio de R$ 1,7 milhão

O ex-prefeito de Londrina, Barbosa Neto (PDT), foi indiciado pelo Ministério Público em dois inquéritos que investigavam desvio de dinheiro público no valor total de R$ 1,7 milhão. O primeiro caso envolve a compra de 13,5 mil livros no valor de R$ 621 mil. Barbosa foi indicado pelo crime de peculato, juntamente com os ex-secretários Marco Cito, Fidelis Canguçu, Fabio Goes e Karin Sabec, além do representante da editora Ética, Angelo Carvalho. A empresa Proguarda, que venceu licitação para executar os serviço de limpeza dos prédios públicos, está na segundo inquérito. Segundo o Ministério Público, a investigação tem como base um aditivo no valor de R$ 1,1 milhão.

continua após publicidade

A lista de indiciados, também por peculato, inclui o ex-prefeito Barbosa Neto, os ex-secretários Fidelis Canguçu e Marco Cito e três servidores da secretaria de Gestão Pública. As informações são do Bonde