Política

Piauí pega empréstimo do FMI para financiar programa de desenvolvimento

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 15 de dezembro (Folhapress) - O estado do Piauí recebeu ontem autorização do Senado para pegar um empréstimo de 12.770.903 direitos especiais de saque, unidade utilizada pelo FMI (Fundo Monetário Internacional) que, em valores atuais, equivale a cerca de R$ 4 milhões. As informações são da Agência Brasil.

Os recursos devem incrementar o "Programa de Desenvolvimento Sustentável no Semiárido - Viva o Semiárido", que tem o objetivo de melhorar o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e as condições de vida nos municípios da região.

A resolução que autoriza o empréstimo foi publicada na edição de ontem do Diário Oficial da União. O crédito virá do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida) e serão pagos em 30 parcelas semestrais nos dias 15 de maio e 15 de novembro de cada ano.
 

continua após publicidade