Política

Autoridades russas liberam venda de jatos da Embraer

Da Redação ·





Por Bernardo Mello Franco, Enviado especial

MOSCOU, RÚSSIA, 13 de dezembro (Folhapress) - A Rússia liberou hoje a venda de jatos E-190 da Embraer no país. A presidente Dilma Rousseff disse que também espera um "resultado positivo" no pedido para remover barreiras sanitárias à exportação de carne brasileira.

A certificação dos aviões foi confirmada pelo ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, após reunião de Dilma com o primeiro-ministro russo Dmitri Medvedev.

"Já tivemos um ganho com essa visita", comemorou o chanceler, ao voltar para o hotel de Moscou onde a comitiva brasileira está hospedada.

Dilma disse que Medvedev prometeu um "resultado positivo" na negociação para retirar barreiras que hoje impedem a venda de carne de três Estados: Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso.

"O primeiro-ministro Medvedev me disse que teremos um resultado positivo. Não comunicou ainda a decisão final, mas considera que os produtores brasileiros tomaram todas as medidas", afirmou a presidente.

Na parte aberta do diálogo, o primeiro-ministro prometeu discutir todos os nós no comércio entre os dois países.

"O relacionamento entre Rússia e Brasil está no auge. Temos vários bons projetos, mas isso não significa que tudo está resolvido. Temos problemas para resolver, e o governo da Rússia está aberto a discutir todas as questões", afirmou Medvedev.

Dilma convidou o primeiro-ministro a conhecer o carnaval em sua visita ao Brasil agendada para fevereiro de 2013. O convite foi aceito por Medvedev.
 

continua após publicidade