Política

Estou disposto a resolver a dívida, diz Haddad sobre encontro com Dilma

Da Redação ·

Por Giba Bergamim Jr. SÃO PAULO, SP, 29 de outubro (Folhapress) - Eleito novo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), 49, deve viajar na manhã de hoje para se encontrar com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília. Ele atendeu os jornalistas rapidamente ao sair de sua residência, no bairro do Paraíso, zona sul de São Paulo. "Estou disposto e vou conversar com a Dilma", disse Haddad, sem falar sobre a vitória no pleito em São Paulo, onde obteve 55,57% dos votos válidos. Haddad deixou sua residência pouco antes das 8h rumo ao aeroporto de Congonhas, também na zona sul. Ele deve embarcar por volta das 9h. O encontro entre Dilma e Haddad será no Palácio do Planalto e eles vão tratar da renegociação da dívida da capital paulista com a União (R$ 58 bilhões). Caso mais grave de endividamento do país, a prefeitura paulistana está proibida de tomar empréstimos e financiamentos por descumprir os limites criados a partir da Lei de Responsabilidade Fiscal. Dilma já foi avisada de que essa será uma das prioridades de Haddad, que ambiciona remover o maior entrave atual à expansão dos investimentos do município. A presidente e o petista acertaram a audiência em conversa na noite de domingo.  

continua após publicidade