Política

Candidato do PMDB vai governar cidade pela 3ª vez

Da Redação ·

RIO DE JANEIRO, RJ, 28 de outubro (Folhapress) - Nelson Bornier (PMDB) foi eleito prefeito de Nova Iguaçu com 55,30% dos votos válidos, de acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Ele superou a atual prefeita, Sheila Gama (PDT), que obteve 44,70%. O município é o quarto colégio eleitoral do Estado, com 561 mil eleitores. Em números absolutos, foram 207.242 votos para o eleito, contra 167.522 da candidata derrotada. Ao todo, foram registrados 433.719 votos na cidade, sendo que 374.764 (86,41%) são válidos. Houve 22.997 (5,30%) votos brancos e 35.958 (8,29%) nulos. Bornier, 62, já governou a cidade por dois mandatos entre 1997 e 2002, quando entregou o cargo para disputar a eleição como deputado federal. O peemedebista já exerceu sete mandatos em Brasília. Tentou retornar à prefeitura em 2008, mas perdeu para o então prefeito Lindbergh Farias (PT). Bornier teve de trocar o vice de sua chapa a três dias da eleição no primeiro turno, fruto de disputa pelo apoio do PR com Rogério Lisboa (DEM), derrotado no primeiro turno. Ele havia escolhido Nicolasina Acarisi (PR) e Lisboa, Isaías Coimbra (PR). O TSE decidiu que o peemedebista deveria trocar de vice, já que o diretório estadual do PR havia cancelado a coligação feita no município com o PMDB. Ele escolheu Dani Nicolasina (PMDB). O eleito teve apoio do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB). Sua coligação contou com outras seis siglas; PP, PSL, PTN, PSC, PRP e PSD.  

continua após publicidade