Política

Petista bate prefeito e é eleito na cidade do ABC

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 28 de outubro (Folhapress) - Em uma votação apertada, o deputado estadual Carlos Grana (PT) foi eleito hoje prefeito de Santo André (Grande SP), vencendo o atual ocupante do cargo, Aidan Ravin (PTB). Com 98,83% das urnas apuradas, Grana teve 53,94% dos votos válidos, enquanto Ravin ficou com 46,06%. Com a vitória, o PT volta a administrar a cidade onde havia ganhado três eleições consecutivas até 2008. Em duas delas, o candidato do partido foi Celso Daniel (1951-2002). Para voltar a administrar um dos municípios que fazem parte de seu berço político, o partido apostou alto em Grana. Oito ministros petistas do governo Dilma, além de nomes como o senador Eduardo Suplicy e o presidente da Câmara, Marco Maia, foram escalados para alavancar a campanha na cidade. O principal cabo eleitoral de Grana, porém, foi o ex-presidente Lula, que participou de dois atos de campanha. No primeiro turno, Lula chegou a dizer que a eleição do petista seria um gesto de "gratidão" a Celso Daniel. O petista já havia vencido no primeiro turno com 42,85% dos votos válidos, contra 37,23% do petebista. As pesquisas, em todo segundo turno, apontaram a vitória do deputado com vantagem. A cidade tem 553 mil eleitores. Em 2008, a vitória do petebista, que era vereador de primeiro mandato, foi considerada uma virada surpreendente sobre o então favorito Vanderlei Siraque (PT). Os outros candidatos que participaram da eleição foram Raimundo Salles (PDT), Nilson Bonome (PMDB), Marcelo Reina (PSOL) e Alexandre Fláquer (PRTB). Nascido em São Bernardo do Campo, Carlos Grana, 46, foi presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos, antes de ser eleito deputado estadual. Ele também ocupou diversos cargos sindicais na região do Grande ABC. (Daniel Roncaglia)  

continua após publicidade