Política

Cidade tem disputa acirrada entre candidatos do PSD e do PMDB

Da Redação ·





Por Giovana Perine

FLORIANÓPOLIS, SC, 28 de outubro (Folhapress) - Os candidatos à Prefeitura de Florianópolis votaram na manhã de hoje em um segundo turno acirrado, com empate técnico nas últimas pesquisas eleitorais entre o candidato apoiado pelo governador e o indicado pelo atual prefeito.

Cesar Souza Junior (PSD) tem apoio do governador Raimundo Colombo, do mesmo partido. Gean Loureiro (PMDB) foi patrocinado pelo atual prefeito Dário Berger, também colega de sigla.

O candidato do PSD chegou à Escola Municipal José do Vale Pereira por volta das 9h30, acompanhado da filha de dois anos e do vice João Amin (PP). Mas, na hora de votar, percebeu que havia esquecido a carteira de identidade e teve que voltar até o carro para buscá-la.

Souza Junior diz que está confiante e que, se eleito, dedicará a vitória à avó que morreu nesta madrugada. Doraci Pereira, 78, estava internada há uma semana em um hospital de Florianópolis por deficiência pulmonar.

Sobre a pesquisa Ibope divulgada anteontem, que o apontava dois pontos percentuais à frente de Loureiro, disse que conseguiu "virar" na hora certa. As primeiras pesquisas realizadas no início do segundo turno indicavam uma vantagem de Loureiro em até oito pontos percentuais.

O candidato do PMDB votou às 10h30 no Colégio Catarinense. Estava acompanhado da mulher, Cintia de Queiroz, da filha de cinco anos e do vice Rodolpho Pinto da Luz (PMDB).

Queiroz apareceu várias vezes nos programas de rádio e TV nas últimas semanas para esclarecer acusações de que teria sido contratada na prefeitura por Gean Loureiro. Ela diz que começou a trabalhar no poder público antes de conhecer o marido.

A ida de Loureiro para o segundo turno foi uma surpresa, já que todas as pesquisas de intenção de voto indicavam que ele ficaria em terceiro lugar. "No primeiro turno superamos a pesquisa em sete pontos e meio na hora de abrir as urnas. E agora não será diferente. Vamos mostrar essa vitória", disse.

Advogados na disputa

Aos 39 anos, essa é a primeira vez que o candidato do PMDB concorre à prefeitura. Advogado e administrador, foi vereador em Florianópolis por cinco mandatos consecutivos e deputado federal.

Também advogado, César Souza Júnior, 33, ficou conhecido como apresentador de programas de rádio e TV. Na política, atuou como deputado estadual. Antes de concorrer às eleições, era secretário estadual de Turismo, Cultura e Esporte.

 

continua após publicidade