Política

Análise de processos disciplinares ganhará celeridade em conselho

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 24 de outubro (Folhapress) - O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) encerra hoje a análise de alterações em seu regimento interno. Com o objetivo de dar maior celeridade na análise dos processos disciplinares sobre a conduta de servidores, foram tomadas decisões como a realização de, no mínimo, duas sessões plenárias mensais. As informações são da Agência Brasil. Atualmente, o conselho reúne-se uma vez ao mês. O conselheiro Fabiano Silveira argumentou que a medida é necessária por causa do aumento no número de processos administrativos disciplinares. Cabe ao conselho analisar a conduta administrativa dos membros do Ministério Público para evitar eventuais abusos. Outra decisão tomada pelos conselheiros diz respeito a forma como os processos administrativos disciplinares serão instaurados. O colegiado aprovou a instauração desses processos por decisão do corregedor nacional. A iniciativa será referendada pelo plenário do CNMP. O processo administrativo disciplinar é um instrumento utilizado pela administração pública para apurar as infrações funcionais e aplicar penalidades aos seus agentes públicos e a quem tiver uma relação jurídica com a administração.  

continua após publicidade