Política

Haddad chama de "lastimável" comportamento de Serra na campanha

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 12 de setembro (Folhapress) - O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou hoje considerar "lastimável" o comportamento do adversário José Serra (PSDB) na campanha eleitoral. "Ele não tem limites na campanha", afirmou o petista, citando os ataques que o tucano tem feito nos programas de TV e rádio. Ele ainda rebateu as críticas de Serra pela participação da presidente Dilma Rousseff na campanha petista. "Quem pretende ser prefeito da maior cidade do país, vai se indispôs na presidente da República?", questionou Haddad, em sabatina promovida pela Folha de S.Paulo em parceria com o UOL. O petista negou que esteja evitando enfrentar o líder das pesquisas Celso Russomanno (PRB) durante a campanha. "Fui para o debate com ele. Ele alegou que não conhecia as contas do município. Estou procurando o debate propositivo." Segundo ele, o PT fez um "lance político ousado" ao decidir por sua candidatura. Mensalão Haddad ainda afirmou que o julgamento do mensalão pelo STF (Supremo Tribunal Federal) "não veio calhar para ninguém". "Muito menos para outros partidos", completou o petista, lembrando os mensalões do PSDB em Minas e do DEM em Brasília. O petista disse que as instituições como o Supremo Tribunal Federal dever ser "respeitadas". "Talvez seja o primeiro caso na história da República que o presidente deu toa a liberdade para as instituições funcionarem." O petista afirmou que o ex-ministro José Dirceu abonou sua ficha de filiação no PT. Segundo ele, Dirceu, como ministro da Casa Civil, assinava todas as indicações do governo para rebater a crítica da propaganda tucana. "É lastimável a maneira que a campanha do Serra está se comportando. Que tipo de comportamento...[...] Quem pretende ser o prefeito da maior cidade do país vai se indispor com a presidente do país. Vetando a participação dela?" Haddad é sabatinado pelo editor de "Poder", Ricardo Balthazar, a editora do Painel, Vera Magalhães, a colunista da Folha Barbara Gancia e o colunista do UOL Maurício Stycer. Amanhã será a vez do candidato José Serra participar da sabatina. Ele será entrevistado a partir das 14h. As sabatinas são realizadas no Teatro Folha, no shopping Higienópolis (avenida Higienópolis, 618). Assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha, podem acompanhar as sabatinas. Para isso, é necessário inscrição pelo e-mail eventofolha@grupofolha.com.br ou pelo telefone 0/xx/11/3224-3473, das 14h às 19h. É preciso informar nome completo, telefone, RG e dizer de qual evento deseja participar. Os assinantes da Folha precisam informar nome, código de assinante, telefone e RG. Os assinantes do UOL devem informar nome completo, e-mail e CPF. As sabatinas são as duas últimas que o jornal promove com candidatos a prefeito na cidade de São Paulo neste ano. Anteriormente, participaram do evento os candidatos Celso Russomanno (PRB), Gabriel Chalita (PMDB) e Soninha Francine (PPS). Foram realizadas sabatinas também no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Ribeirão Preto.  

continua após publicidade