Política

Justiça suspende parcialmente pesquisa Ibope em Fortaleza

Da Redação ·

Por Valmar Hupsel Filho SÃO PAULO, SP, 12 de setembro (Folhapress) - A Justiça Eleitoral do Ceará suspendeu a divulgação de parte da pesquisa Ibope de intenções de votos para a Prefeitura de Fortaleza, marcada para a próxima sexta-feira. A decisão barra apenas as simulações de cenários para o segundo turno. A terceira pesquisa realizada pelo instituto na capital cearense foi contratada pela TV Verdes Mares, afiliada da Rede Globo. O Ibope informou que até a noite de ontem não havia sido notificado oficialmente, mas disse que vai recorrer. O pedido de suspensão partiu do candidato do PSOL, Renato Roseno. Ele reivindica a inclusão de seu nome nas simulações de um eventual segundo turno. Roseno é sexto colocado com 7% das intenções de votos, segundo a última pesquisa divulgada pelo instituto, no último dia 30. O argumento é que, como a pesquisa tem margem de erro de três pontos percentuais para mais e para menos, o candidato do PSOL está empatado tecnicamente com Inácio Arruda (PC do B) e Heitor Férrer (PDT). Quinto e quarto colocados na mesma aferição, Arruda (10%) e Férrer (12%) aparecem nas simulações de segundo turno da pesquisa. "De acordo com o princípio constitucional da isonomia, todos os sete candidatos com chance de chegar ao segundo turno deveriam ter o mesmo tratamento", disse o assessor jurídico do PSOL, Walber Nogueira. No último domingo, o juiz da 114ª zona eleitoral, Mário Parente, acatou os mesmos argumentos apresentados pelo PC do B e pelo Psol para suspender a divulgação da pesquisa Datafolha, contratada pelo jornal "O Povo". O Datafolha recorreu, e a liminar foi cassada pelo TRE-CE (Tribunal Regional Eleitoral). O resultado da pesquisa foi divulgado nesta quarta-feira.  

continua após publicidade