Política

Comissão aprova criação de cargo de analista executivo

Da Redação ·





Por Erich Decat

BRASÍLIA, DF, 8 de setembro (Folhapress) - A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara aprovou anteontem projeto que cria a carreira de analista executivo no âmbito do Poder Executivo. De acordo com os cálculos do Ministério do Planejamento, o impacto inicial aos cofres da União será R$ 170,07 milhões.

Por tramitar em caráter conclusivo, a proposta segue agora para o Senado, a menos que seja apresentado um recurso para que ela seja votada pelo plenário da Câmara.

A proposta prevê a criação de 2.190 vagas que serão destinadas ao desempenho de atividades administrativas e logísticas. Os salários variam de R$ 2.906,66 a R$ 5.093,43.

O texto aprovado também institui o pagamento da gratificação de Desempenho de atividade de Suporte Administrativo, para aqueles que ocuparem os cargos, após a realização de concurso público. O critério para a concessão da gratificação será definido pelo Executivo.

Os novos servidores serão inicialmente destinados ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, que poderá redistribuí-los para outras pastas.
 

continua após publicidade