Política

Manifestantes reclamam de tapume no desfile

Da Redação ·





Por Filipe Coutinho

BRASÍLIA, DF, 7 de setembro (Folhapress) - Integrantes do "Movimento Contra Corrupção" criticaram hoje a organização do desfile do 7 de Setembro, que colocou tapumes entre o local da marcha contra corrupção e a parada militar.

"Esses tapumes impedem que a população que assiste ao desfile veja nosso protesto. No ano passado, sem os tapumes, as pessoas viram nosso protesto e puderam se juntar à marcha. Agora, com esse tapume, é muito mais difícil de nos ver e de cruzar a pista", disse Cláudia Cunha, 45, autônoma, uma das organizadoras da marcha.

Segundo Carla, os tapumes colocados pelo governo são, de certa maneira, "saudáveis" porque mostra "conflitos". "Isso mostra que o movimento está dando certo, que o Brasil está mudando", disse. Ela aponta ainda o receio do governo com grevistas como motivo para colocar os tapumes e dificultar manifestações durante o desfile.

Este é o segundo desfile de 7 de Setembro que, paralelamente, ocorre à marcha. O movimento se diz "pacífico e apartidário". No ano passado, segundo a organização, foram 50 mil participantes. A marcha foi organizada por meio de redes sociais e seis mil pessoas disseram que viriam neste ano. Os manifestantes ainda se concentram durante a manhã de hoje na Esplanada dos Ministérios.

A principal reivindicação do movimento é a condenação dos réus do julgamento do mensalão. No carro de som, elogios ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, relator da ação penal do mensalão e chamado de o "Batman brasileiro".
 

continua após publicidade