Política

Tucano comemora entrada de FHC na campanha de Serra

Da Redação ·

Por Erich Decat BRASÍLIA, DF, 6 de setembro (Folhapress) - O uso de depoimentos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no programa eleitoral de José Serra (PSDB), na disputa pela prefeitura de São Paulo, foi comemorado por parte da cúpula tucana. Os depoimentos de FHC devem ir ao ar nos próximos dias. Segundo a assessoria da campanha de Serra, a equipe do marqueteiro Luiz Gonzales aguarda o melhor momento para usar o material. "Finalmente é a estratégia certa, estava errada desde a campanha presidencial", disse Tasso Jereissati, presidente do Instituto Teotônio Vilela, órgão de formação política do PSDB. O tucano participou hoje, em Brasília, da posse do novo corregedor do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), ministro Francisco Falcão. Nas últimas eleições presidenciais, em meio às críticas sobre as privatizações feitas no período do governo FHC, os candidaos do partido praticamente não recorreram aos depoimentos do ex-presidente. Segundo Tasso Jereissati, a inserção de FHC na campanha de São Paulo é bem-vida uma vez que considera "preocupante" o cenário da disputa de São Paulo com as constantes quedas nas pesquisas de José Serra. "Mas acho que vai parar de cair. Parou. Pelo menos é o que mostram as pesquisas", afirmou o tucano. De acordo com a última pesquisa Datafolha, divulgada na segunda-feira, José Serra tem 21% das intenções de votos. Em comparação com a pesquisa anterior, dos dias 28 e 29 de agosto, houve oscilação negativa de um ponto percentual. Em contrapartida, o candidato Celso Russomanno (PRB) cresceu quatro pontos na preferência do eleitor em menos de uma semana e agora tem 35% das intenções de voto na capital paulista. Atualmente, Serra está em empate técnico com o candidato Fernando Haddad (PT) que subiu de 14% para 16%.  

continua após publicidade