Política

Líder nas pesquisas, prefeito vira alvo preferencial de rivais

Da Redação ·

Por Paulo Peixoto BELO HORIZONTE, MG, 4 de setembro (Folhapress) - O prefeito e candidato à reeleição em Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), virou alvo de todos os seis adversários durante debate com estudantes na noite de ontem. Ele foi bastante criticado pelos concorrentes, especialmente Vanessa Portugal (PSTU) e Tadeu Martins (PPL). Na plateia do Centro Universitário UNA, na capital mineira, os ânimos contra o prefeito também estavam acirrados, embora muitos estudantes o tenham aplaudido. Tanto o candidato Patrus Ananias (PT) como Lacerda --os dois principais concorrentes-- tinham apoiadores entre os estudantes. Patrus defendeu que a campanha se dê em um ambiente ético, livre de ofensas pessoais, mas com confrontação política. "O meu adversário está apresentando uma cidade maquiada", disse o petista. Lacerda disse que gostou do debate, porque pôde esclarece "pontos controversos" com a juventude. Sobre o fato de ter sido minoria, disse: "Naturalmente, quando você tem a paixão política entre os jovens, é natural uma certa exaltação, mas ficou dentro dos limites aceitáveis". "É natural que alguns candidatos não venham para apresentar propostas, mas para demolir e destruir. Então, é natural que se reúna um conjunto de candidatos tão díspares, sem nenhuma expressão eleitoral, [que] não têm nada a perder", afirmou. Segundo pesquisa Datafolha de 28 e 29 de agosto, o prefeito lidera a disputa com 46%, seguido por Patrus, com 30%. Os demais somam 4%.  

continua após publicidade