Política

Datafolha confirma avanço de candidatos do PSB e do PT

Da Redação ·

Por Valmar Hupsel Filho SÃO PAULO, SP, 31 de agosto (Folhapress) - A intenção de voto nos candidatos de Fortaleza apoiados pelo governador Cid Gomes (PSB) e pela prefeita Luizianne Lins (PT) cresceu após o início do horário eleitoral, aponta pesquisa Datafolha divulgada hoje. Roberto Cláudio (PSB) e Elmano de Freitas (PT) ganharam duas posições cada um e estão matematicamente empatados na segunda colocação, com 16% e 15%, respectivamente. Moroni Torgan (DEM) oscilou negativamente dentro da margem de erro em relação ao levantamento anterior do instituto, de julho, e se mantém na liderança, com 25%. O Datafolha ouviu 827 eleitores entre os dias 29 e 30 de agosto. A margem de erro da pesquisa, contratada pelo grupo "O Povo", é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Em comparação com os números da pesquisa anterior do Datafolha, dos dias 18 e 19 de julho, Torgan oscilou dois pontos percentuais para baixo. Roberto Cláudio ganhou 11 pontos, saltando dos 5% para 16% e da quarta posição para a vice-liderança. Elmano de Freitas ganhou 12 pontos (de 3% para 15%) e subiu da quinta para a terceira posição. Em seguida aparecem Heitor Férrer (PDT), que perdeu um ponto e agora tem 10%, e Inácio Arruda (PC do B), que reduziu suas intenções de votos à metade: de 14% para 7%. Os demais candidatos --são dez ao todo-- não atingiram 5% cada um. Os que disseram votar em branco ou nulo foram 5%, e 12% não responderam. Propaganda O crescimento dos candidatos do PSB e PT guarda relação com o início do horário eleitoral. Juntos, Roberto Cláudio e Elmano de Freitas ocupam mais da metade do tempo do horário eleitoral gratuito de rádio e TV. Em seus programas, o candidato pessebista tem adotado o discurso de crítica à administração municipal e exaltação ao trabalho do governador Cid Gomes, que aparece em diversos depoimentos. Já o petista se apresenta como representante da administração de Luizianne Lins, da qual foi secretário municipal, e já exibiu depoimentos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No índice de rejeição, Moroni Torgan aparece na frente, com 30%. Em seguida vem Inácio Arruda, com 19%, e Elmano com 18%. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral com o número CE-00020/2012. Comparação Os números do Datafolha são semelhantes aos revelados pelo Ibope na última quinta-feira ao revelar crescimento dos candidatos Roberto Cláudio e Elmano de Freitas e queda de Moroni Torgan. O Ibope, no entanto, revelou tendência mais acentuada de queda do candidato democrata. Em comparação com a aferição feita pelo instituto entre os últimos dias 9 e 11, Torgan perdeu sete pontos percentuais, caindo de 31% para 24%. Roberto Cláudio dobrou seus pontos, passando de 8% para 16%. E Elmano de Freitas também ganhou oito pontos, passando de 6% para 14%.  

continua após publicidade