Política

Único doador de Ratinho Junior é empresa da família

Da Redação ·
Único doador de Ratinho Junior é empresa da família
fonte: TRIBUNA DO NORTE
Único doador de Ratinho Junior é empresa da família

CURITIBA, PR, 26 de agosto (Folhapress) - O candidato à Prefeitura de Curitiba Ratinho Junior (PSC), filho do apresentador de TV Ratinho, teve quase 100% dos recursos arrecadados até agora oriundos da empresa de sua família.

Segundo a prestação de contas do primeiro mês de campanha, entregue ao TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná), o único doador de dinheiro vivo a Ratinho até agora foi a empresa Massa e Massa Comunicação, com R$ 180 mil.

As outras duas empresas que aparecem na prestação de contas de Ratinho, Tintas Darka e Berneck Painéis e Serrados, doaram recursos (tintas e placas de campanha) estimados em R$ 13,8 mil.

Ou seja, 93% dos recursos arrecadados pelo candidato vieram da empresa da família.

Os dados foram divulgados na última sexta-feira pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A família do candidato, que é deputado federal licenciado, é dona da Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná, entre outras empresas.

Questionado sobre o tema, em entrevista recente à RIC TV, afiliada da Rede Record no Paraná, Ratinho Junior afirmou que "é candidato de uma família que trabalhou". "Meu pai conquistou sua vida, esse patrimônio empresarial, com trabalho, acordando às cinco horas da manhã."

O candidato do PSC também citou sua independência e a ausência de "apadrinhamento político". "Faço política por gratidão, por entender que posso ser um instrumento de transformação da sociedade. Eu não tenho apadrinhamento político, ministro ou governador nas minhas costas. Quero fazer um trabalho de inclusão."

"Tenho orgulho do meu pai e devo a ele ter chegado onde cheguei", disse.

Outros

Entre os outros candidatos a prefeito de Curitiba, o atual prefeito, Luciano Ducci (PSB), tem a campanha mais cara até agora, quase 100% bancada pelo PSB nacional.

Dos R$ 2,4 milhões arrecadados até agora, R$ 2,15 milhões vieram do diretório nacional do PSB.

Neste ano, entre os principais doadores do partido, cujas principais lideranças estão no Nordeste, estão as empresas paranaenses Ponto K Comércio de Veículos, que doou R$ 780 mil, e Santa Rosa Agroindustrial, com R$ 750 mil.

No primeiro mês de campanha, apenas uma empresa doou diretamente para Ducci: o Condor Supermercados, com R$ 300 mil.

Já os recursos de Gustavo Fruet (PDT), num total de R$ 162 mil, são todos oriundos de pessoas físicas. Ao todo, 135 pessoas doaram R$ 50 cada uma, em um jantar para arrecadar recursos, e outras 18 fizeram doações maiores.

O maior doador do candidato é ele mesmo, com R$ 100 mil. Seu irmão, o advogado Cláudio Fruet, doou R$ 20 mil. Wilson Picler, ex-deputado federal pelo PDT e empresário paranaense, atual vice-presidente do PDT municipal, doou outros R$ 20 mil.

Até agora, nenhuma empresa ou partido aparece na prestação de contas do candidato.

Todos os dados são do primeiro mês de campanha. A próxima prestação de contas, dos valores arrecadados e gastos em agosto, será entregue na primeira semana de setembro ao TSE.
 

continua após publicidade