Política

‘Nomes’ podem gerar impugnação de candidaturas na região

Da Redação ·
‘Nomes’ podem gerar impugnação de candidaturas na região
fonte: Arquivo
‘Nomes’ podem gerar impugnação de candidaturas na região

O Ministério Público Eleitoral está atento a algumas candidaturas no Vale do Ivaí. Nas comarcas de Faxinal e Grandes Rios, nomes de urna ligados a órgãos públicos, como “da Saúde”, “da Defesa Civil” e “do Conselho Tutelar”, motivaram promotores eleitorais a pedir a impugnação do registro de 14 candidatos.


O chefe do cartório eleitoral de Faxinal, Carlos Augusto Amaral de Abreu, relatou que houve nove ações de impugnação envolvendo candidatos do município e de Borrazópolis.


A maioria destes candidatos deve acatar recomendação do MP e substituir o nome de urna, como forma de evitar a inviabilização da candidatura.


Na Comarca de Grandes Rios, foram registradas quatro ações de impugnação de candidatura em Rosário do Ivaí e uma em Rio Branco do Ivaí, todas, por nomes de urna ligados a órgãos públicos. Os pedidos também foram formulados pelo Ministério Público.


Promotores eleitorais da região ainda pediram a impugnação de candidaturas por outros motivos, como por falta de comprovação de escolaridade. Os juízes eleitorais têm até o dia 5 de agosto para deferir ou não as candidaturas registradas para o pleito de outubro.

continua após publicidade